Atendimentos, Consultas e Tratamentos
Conheça mais sobre como funcionam as consultas e sobre os tipos de tratamentos disponíveis.
Psicoterapia Individual

Duração de 1h

Na grande maioria das situações em que existe sofrimento, um dos principais pilares de tratamento envolve um processo de auto-conhecimento. Na psicoterapia individual, muito além das questões clínicas, o foco se debruça sobre direcionar o olhar para como se estrutura nossa mente, quais foram e de que foram operaram e operam os nossos mecanismos psicológicos, que conflitos acontecem internamente e como eles se manifestam na nossa vida cotidiana.

Nas sessões de psicoterapia, buscamos compreender e acolher esses pontos de conflito interno, reconhecendo as estratégias inconscientes que nossa mente foi construindo para lidar com eles. Nesse processo, procuramos perceber onde estão operando esses mecanismos, o quanto eles podem ser limitantes no momento atual. Desenvolver a capacidade de auto-observação, de transitar pelos momentos mais turbulentos, fortalecer as habilidades pessoais e interpessoais, cultivar a resiliência e a saúde, tendo maior conexão com o sentido existencial individual são todos tarefas de psicoterapia.

A psicoterapia, diferentemente da consulta clínica, ocorre em maior frequência: as sessões são semanais ou quinzenais, a depender da situação a ser tratada. O tempo de tratamento também é individualizado: algumas situações são trabalhadas ao longo de meses, em outros casos o tratamento se estende por alguns anos. 

Meu trabalho de psicoterapia é realizado com abordagem mista: a depender do caso, aplicamos técnicas cognitivo-comportamentais; em outras situações, o entendimento psicanalítico nos auxilia mais; há situações em que uma abordagem baseada em mindfulness se torna mais relevante; a compreensão de sistemas familiares internos pode ser mais sintonizada em outras; muitas vezes o entendimento transpessoal do caso se faz necessário.

Reforço que a psicoterapia não tem caráter julgador: o objetivo é acolher a experiência individual e proporcionar um espaço de auto-conhecimento e reflexão. Não há espaço para discriminação de orientação sexual, nem de raça, nem de gênero, nem de qualquer outra natureza, o que não significa que cada uma dessas condições seja minimizada. Ninguém precisa ser curado ou moldado devido a nenhum desses atributos. A psiquiatria já cometeu historicamente injustiças enormes com muitas dessas populações, e, hoje em dia, não podemos mais ter espaço para essa violência.