Atendimentos, Consultas e Tratamentos
Conheça mais sobre como funcionam as consultas e sobre os tipos de tratamentos disponíveis.
Integração/Acolhimento Psicodélico

Duração de 1h

Os últimos anos têm sido um período de renascimento do campo da ciência psicodélica. Os estudos e pesquisas para uso terapêutico e de produção de conhecimento neurocientífico de alguns desses compostos crescem em ritmo acelerado.

No contexto terapêutico experimental, tem-se delineado o entendimento do que chamamos de PAP: Psicoterapia Assistida pelo Psicodélico. É um modelo que une psicoterapia com o uso de um psicofármaco, uma abordagem diferente das que tradicionalmente são empregadas pela Psiquiatria e pela Psicologia. 

Mesmo assim, a maioria dessas substâncias ainda é considerada ilegal no Brasil. Há países onde algumas delas não são ilegais, como é o caso da Jamaica (onde a psilocibina já tem uso terapêutico) e da Holanda (onde trufas de fungos psicodélicos não são proibidas). Aqui no Brasil, assim como em outros países da América, há previsão legal de uso ritualístico de ayahuasca (um composto de origem indígena, contendo DMT, uma substância com efeitos psicodélicos).

Essa disponibilidade de ayahuasca no Brasil e de outros desses compostos fora daqui, aliada à ampla disseminação da informação, tem levado cada vez mais pessoas a buscar neles uma ferramenta terapêutica para lidar com o sofrimento mental. Como ainda não se trata de tratamento oficial e regulamentando (apenas com caráter experimental), muitas dessas pessoas acabam tendo a experiência sem o apoio psicoterapêutico adequado. 

Dessa forma, uma das demandas que passou a chegar aos consultórios de psiquiatras e psicólogos/psicólogas é de pessoas que tiveram experiências com psicodélicos e que procuram integrar o conteúdo das suas experiências de forma terapêutica em suas vidas. O campo dos Psicodélicos em Saúde Mental é uma das áreas de estudo à qual tenho me dedicado desde 2016, no estudo da psicoterapia de apoio a pessoas que tenham tido experiência com algum psicodélico e que necessitem de ajuda para integração.

As consultas funcionam no mesmo molde das sessões de psicoterapia descritas na seção "Psicoterapia", após uma primeira consulta usual.

AVISO IMPORTANTE:

Não se trata de uma recomendação, nem de uma prescrição de uso. Isso ainda não é possível em função do caráter experimental. Apenas, considerando a linha de cuidado de redução de danos, saliento que existe possibilidade de escuta e de tratamento psicológico como apoio a pessoas que tenham tido experiências com algum psicodélico e sintam necessidade de uma conversa profissional não-julgadora e acolhedora.